O ERP é seu melhor aliado na hora de cumprir as obrigações tributárias

Conheça os benefícios de usar a tecnologia para simplificar as normas fiscais

profissional-software

Ser empreendedor não é uma tarefa fácil e no Brasil é ainda mais complicado, uma vez que a burocracia e a quantidade de impostos pagos dificultam o trabalho de qualquer gestor. Em números, os trabalhadores brasileiros gastam 2.600 horas mensais para cumprir suas obrigações como contribuinte. 

Não dá para fugir dos impostos, mas com a tecnologia você pode fazer isso usando alguns minutos do seu tempo. Os softwares de gestão, ou os famosos ERP, são especialistas em normas fiscais e automatizam a realização dessa atividade de forma rápida e segura. 

Descubra por que em 2019 os sistemas de gestão se tornarão indispensáveis para o controle financeiro das companhias. 

Confira 5 normas fiscais para a indústria ficar de olho em 2019.

Porque o ERP é tão importante para o cumprimento das normas fiscais

Um ERP deve ser o verdadeiro parceiro de negócio da sua empresa. O sistema conhece cada detalhe da sua companhia, desde as etapas do processo produtivo até o dia a dia dos colaboradores. Todas as informações referentes a cadeia produtiva, funcionários, logística, receita, produtividade e outros dados, ficam registrados na solução e acessíveis aos gestores em relatórios precisos e visuais.

Ou seja, os relatórios que você precisa enviar aos órgãos de fiscalização estão compilados e organizados conforme os layouts exigidos pelo Fisco – tudo pronto para agilizar e simplificar o seu trabalho. Pode ser a entrega do eSocial, RAIS, Nota fiscal eletrônica (NF-e) ou qualquer outro tributo, basta acessar o sistema e gerar o documento. 

Conheça 9 razões para a sua empresa adotar um software de gestão.

ERP e normas fiscais

Cumprir com as obrigações fiscais não precisa ser sinônimo de dor de cabeça. Confira alguns benefícios de usar o ERP na hora de entregar os documentos para o Fisco:

Tempo – com todos os dados organizados no software, o profissional não precisa se preocupar em preencher manualmente as declarações. Dessa forma o colaborador consegue finalizar a entrega de maneira rápida e simples, podendo se dedicar a outras atividades.   

Agilidade – com a entrega automatizada das normas fiscais, o colaborador cumpre suas obrigações com o Fisco com agilidade e rapidez, otimizando o seu trabalho.

Segurança – com números precisos e informações seguras, os dados coletados e os relatórios gerados pelo sistema estão livres de falhas.

Prazos – o próprio software ajuda a lembrar as datas das declarações. Sem contar que a facilidade em gerar os layouts do Fisco pelo sistema diminui as chances de perder o prazo final.

Sem penalidades – ao enviar para o Fisco as informações corretas, no layout exigido e dentro do prazo estabelecido, a empresa evita ser penalizada por eventuais erros.

ERP ainda mais por dentro da sua empresa 

Com o avanço da Manufatura Avançada, as indústrias estão em processo de modernização. Os ERPs fazem parte dessa transformação digital conectando toda a fábrica e fazendo a administração das informações geradas. Confira algumas tecnologias que dominarão os sistemas de gestão nos próximos meses e o seu controle fiscal:

ERP na nuvem: com o sistema na nuvem, o gestor tem acesso fácil aos dados da companhia em qualquer dispositivo (notebook, smartphones, tablets). Esse é um ponto primordial que também impulsiona outras habilidades requisitadas pelas empresas: mobilidade e monitoramento em tempo real dos processos produtivos. Dessa forma, o sistema coleta até mesmo as informações de atividades remotas.

Ter uma plataforma na nuvem é fundamental para adotar novas ferramentas e sua atuação ganha maiores proporções nos próximos meses, em função da migração de tecnologias como Blockchain, Realidade Virtual, Realidade Aumentada e Internet das Coisas para o formato de serviços. Assim os provedores de nuvem passam a ser os principais facilitadores dessas inovações. 

Machine Learning: a tecnologia conecta e automatiza todos os processos da empresa, reúne as informações e gera análises sobre cada fase da cadeia produtiva. Além de aumentar a eficiência da produção, oferece análises profundas, precisas e com insights que auxiliam na tomada de decisão dos gestores.

Inteligência Artificial (AI): a AI terá um papel fundamental na verificação dos dados, contribuindo inclusive com as análises de Big Data. Essa tecnologia permite identificar com antecedência qualquer problema no processo ou incoerência nos números da empresa. 

Essas são algumas tendências que impactarão os ERPs, deixando os softwares mais robustos e completos para recolher informações sobre o seu negócio e gerar melhores relatórios.

Veja como a Manufatura Inteligente tem revolucionado o mundo dos ERPs.

ERP e Compliance fiscal

A valorização da ética e da boa conduta ganhou notoriedade e cresceu dentro das corporações nos últimos anos. Desde então, o termo compliance se popularizou e passou a ser estudado por gestores de todas as companhias.

Compliance no mundo corporativo significa “estar em conformidade com”, ou seja, observar e cumprir com a legislação vigente. Empresas com essa mentalidade possuem um profissional ou equipe responsável por garantir que todas as funções da companhia estão de acordo com as normas estabelecidas para o setor. 

O compliance fiscal tem como objetivo monitorar as movimentações financeiras da empresa e assegurar que essas atividades atendam às exigências do Fisco. O conceito é visto como uma estratégia para evitar fraudes, inconformidade com os órgãos reguladores e desvios de dados ou dinheiro. Além de refletir em ganhos de produtividade, eficiência e competitividade.

As empresas que adotam essa filosofia ganham credibilidade no mercado. Para implantar um setor de compliance fiscal no seu negócio, o ERP é o seu primeiro parceiro nessa missão. A ferramenta é fundamental para realizar o controle financeiro e o acompanhamento de todas as atividades corporativas. 

Em 2019, esse tema continua na pauta das grandes e pequenas marcas, assim como as normas fiscais. Portanto, o software de gestão permanece sendo um aliado imprescindível para o cumprimento das obrigações tributárias e adoção das melhores práticas do mercado, incentivando uma cultura organizacional sadia e sustentável.

 

Chat
Email
Telefone